Resumo de Atos Urbanos 2015

No dia 01/08/2015 aconteceu a terceira edição do Atos Urbanos, um evento hip hop cristão, organizado por Vinícius Pereira (Vinny da Peculiar Family) e pela Igreja do Nazareno.

Em sua terceira edição, o evento proporcionou torneios de hip hop dance (em duplas), Popping (Um contra um) e Breakdance (Cinco contra cinco).


O evento vem ganhando espaço no meio hip hop, e a cada ano cresce mais, podendo se dizer que hoje é um dos maiores eventos de breakdance da baixada fluminense, ficando atrás, apenas, do Original Break Jam na Pavuna/São joão de Meriti.

"O evento superou as expectativas de toda equipe, Tivemos nesse ano um publico muito maior de pessoas envolvidas com a cena hip hop do Rio, e o que tem sido combustível pra continuar com esse projeto é ver como ele tem se tornado ,aos poucos, uma referência pra cena hip hop da baixada. E a cada ano a procura tem sido maior, e com isso a responsabilidade pra fazer do evento algo cada vez melhor. Mas é gratificante quando você vê seu evento útil pra cultura, e Por ser cristão útil pra Deus. E através desse evento cristão almas tem se encontrado e reencontrado com Cristo. 2016 tem mais e melhor honra e glória de Deus." Disse Vinny,  "Expectativas pro ano que vem, e pros outros anos, é tornar o Atos Urbanos cada vez mais conhecido no Brasil, Já tivemos participantes de vários estados e esperamos ano que vem que essa pegada nacional aumente ainda mais."
O juri do torneio de Breakdance contou com a presença do Bboy Kapu que disputou o Red Bull bc one 2010.

Os campeões do evento foram:















Bruno Campos (pastor) - Popping Individual.












Wellington Tutty & Wallace Clayton - Hip Hop Dance.
















BR Crew - Breakdance.



O nome Atos Urbanos faz referencia ao livro Atos dos Apóstolos e nesta edição contou com um versículo tema: Atos dos Apóstolos 4-12.

e que comecem os preparativos para o próximo ano.

Por: Acacio Faria
Compartilhe no Google+

Sobre Acacio B. Faria

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: